FHC critica Lula: Críticas dos tucanos antecipam disputa

No momento em que a economia apresenta os melhores índices dos últimos dez anos, os partidos de direita e centro-direita, representados pelo PSDB e PFL, aumentam os ataques ao governo Lula.

Depois de líderes do PFL, de Serra e do governador Alckmin, na segunda-feira foi a vez de FHC.

O ex-presidente disse que o governo federal é incompetente e que essa incompetência só não aparece porque Lula sabe falar à sociedade.

As críticas acontecem quando o País apresenta as melhores notícias econômicas. Este ano, o PIB crescerá 4,5%, bem acima dos 2% durante os oito anos de FHC e a melhor taxa desde 1995.

O governo Lula abriu quase dois milhões de postos de trabalho com carteira assinada e o índice de emprego é o mais alto desde 1998.

Ao criticar o governo federal, FHC pretende se firmar como o anti-Lula dentro de seu partido antecipando a disputa para a presidência da República em 2006.

PIB cresce 6,1% no trimestre
A economia brasileira cresceu 6,1% no terceiro trimestre deste ano em relação ao mesmo período do ano passado. Segundo o IBGE este é o melhor resultado desde o terceiro trimestre de 1996.

Nos nove primeiros meses deste ano, o PIB (Produto Interno Bruto) aumentou 5,3% sobre o mesmo período de 2003. Para o ano todo é esperado um crescimento de 4,5%.

Os bons resultados da economia brasileira refletem o desempenho favorável de indicadores como emprego, indústria e salários.

O PIB é a soma das riquezas produzidas por um país. É formado pela indústria, agropecuária e serviços. O PIB mostra o comportamento de uma economia.