Centro de Formação Celso Daniel – “Quem sabe mais, luta melhor”

Inaugurado em 20 de março de 2002, o Centro de Formação Celso Daniel está instalado ao lado da Sede, em São Bernardo, com salas e auditório para abrigar alunos e cursos em andamento pelo departamento de Formação e atividades da categoria. O espaço foi pensado a partir da reformulação da política de formação do Sindicato no 3º Congresso dos Metalúrgicos do ABC em 1999.

Na época como presidente do Sindicato, Luiz Marinho apontou a formação para consolidar uma nova nova organização sindical da categoria. “Observando a formação dos trabalhadores, vê-se que ela se dá primeiro na luta cotidiana e forja gente nova com afinidade e aptidão para a militância sindical”, afirmou na ocasião.

Ainda segundo Marinho, o tipo de luta da categoria já era diferente naquele período ante as décadas passadas. “É necessário sempre aperfeiçoar a formação dos representantes para melhorar cada vez mais seu desempenho na fábrica e no Sindicato. Quem sabe mais, luta melhor e o Centro torna visível o investimento do Sindicato na formação da classe trabalhadora”.

O nome Centro de Formação Celso Daniel é uma homenagem ao ex-prefeito da cidade de Santo André em reconhecimento ao seu papel como liderança regional e também por ser um educador e professor de renome internacional.

Trajetória de Celso Daniel
Foi eleito prefeito de Santo André pela primeira vez em 1989. Recebeu uma cidade abandonada e sem perspectiva de futuro. Inovou a administração instalando o orçamento participativo, saneando as finanças, incentivando a participação popular e buscando a integração regional. Não disputou a reeleição porque na época era proibido, mas voltou à Prefeitura em 1997 e liderou a formação do Consórcio de Municípios e da Câmara Regional, insistindo que o ABC necessitava de soluções integradas entre as cidades que o formam.

Durante suas gestões, modernizou a cidade e incentivou projetos que resultaram em prêmios nacionais e internacionais para Santo André em áreas como urbanismo, habitação, infância e administração, até sua carreira ser brutalmente interrompida. Cumpria seu terceiro mandato quando assassinado em janeiro de 2002.

De 1933 a 2022: A fundação dos Metalúrgicos de São Bernardo do Campo e Diadema
Seja bem-vindo e bem-vinda, trabalhador e trabalhadora!
Fique sócio! Você, trabalhador, é o Sindicato dentro da fábrica