Governo de SP é criticado

Durante o ato, o governador Alckmin foi duramente criticado por não negociar com os professores estaduais e funcionários da saúde, que há dois meses estão em campanha salarial.

Célia Costa, presidente do Sindicato Estadual dos Trabalhadores na Saúde, afirmou que o governador “não moveu uma palha e não abriu processo de negociação com os trabalhadores no serviço público”, disse.

Ela lembrou que os servidores e funcionários das ETEs e FATECs estão em greve há 80 dias, e Alckmin também não quer saber de conversa.

“O governo estadual é irresponsável”, concluiu.