Governo Lula: Começa Programa de Segurança Pública

“No dia em que a inteligência da polícia for mais ousada e mais forte do que a força bruta, a gente não precisará mais invadir uma favela para procurar bandidos. Vamos subir em apartamentos luxuosos das grandes capitais do País para pegar os verdadeiros criminosos”

A declaração partiu do presidente Lula durante a adesão do Espírito Santo ao Programa Nacional de Segurança Pública, projeto do governo federal de combate à violência. Foi o primeiro Estado a entrar e receberá R$ 50 milhões para gastar em segurança.

Seu trabalho de centralização das polícias foi elogiado por Lula por ser o primeiro a integrar o Programa. As polícias continuam com estruturas diferenciadas, mas trabalham juntas para solucionar os crimes.

Para Lula, o crime organizado tem vencido as polícias porque as instituições atuam sem integração e sem inteligência. “Os criminosos construíram uma indústria, com braços na política, na polícia e no Poder Judiciário”, denunciou Lula.