IPCA: inflação recua em outubro

No ano, o índice acumula variação de 5,05% e 6,59% em 12 meses

A inflação oficial do país, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) recuou em outubro para 0,42%, após alta de 0,57% registrada no mês de setembro, segundo pesquisa divulgada hoje, dia 7, peloInstituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O acumulado no ano fechou em 5,05%, acima dos 4,38% do mesmo período do ano passado.

De acordo com a pesquisa, os grupos Alimentação e Bebidas e Transportes, que correspondem a 43,23% das despesas das famílias, contribuíram para a desaceleração do IPCA em outubro, já que apresentaram ritmo menor de crescimento. O grupo Alimentação passou de alta de 0,78% em setembro para 0,46% em outubro. Já Transporte, caiu de 0,63% para 0,39%. Em Transportes a passagem aérea foi a que mostrou forte recuo, passando da alta de 17,85% de setembro, para 1,94% no mês passado.

Outros itens também recuaram como conserto de automóvel (de 1,35% para 0,92%) e do automóvel novo (de 0,76% para 0,61%). Contudo, os combustíveis subiram: tanto a gasolina quanto o etanol foram para 0,18%, enquanto haviam registrado queda de, respectivamente, 0,07% e 0,01% em setembro.

O Instituto também divulgou dados do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) que subiu de 0,38% em outubro, para 0,49% em setembro. Em outubro de 2013, o indicador teve alta de 0,61%. No acumulado do ano, o INPC subiu 5,02%, acima da taxa de 4,25% de igual período do ano passado. No acumulado em 12 meses, o indicador teve alta de 6,34%, desacelerando em relação aos 12 meses anteriores, quando ficou em 6,59%

Da CiasBrasil