Metal Leve: Acidente intoxica 17

Um grave acidente na noite de domingo na Estação de Tratamento de Efluentes (ETE) da Metal Leve, de São Bernardo, intoxicou 17 trabalhadores, a maior parte da inspeção final de bronzinas.

O acidente aconteceu por volta das 9 horas da noite, quando uma mistura de produtos provocou reação química num dos tanques da ETE, que transbordou.

O produto caiu no chão e levantou uma nuvem de fumaça química que se espalhou pela fábrica.

Os trabalhadores hospitalizados reclamavam de irritação nos olhos, dor de cabeça, falta de ar e vômito. Na tarde de ontem quatro trabalhadoras ainda estavam em observação.

O acidente interrompeu a produção, que só foi retomada parcialmente a partir das 10 horas da manhã de ontem.

“O acidente só não ganhou maiores proporções porque poucos trabalhadores estavam na fábrica”, disse o diretor do Sindicato, José Paulo Nogueira.

Ele comentou que a CIPA está discutindo com a direção da empresa formas de detectar causas e procedimentos para prevenir acidentes desse tipo.

“O que aconteceu é um alerta, porque se fosse um outro produto as consequências poderiam ser gravíssimas para os trabalhadores” comentou Zé Paulo.