Mobilização da categoria arrancou os acordos

Os três grupos patronais só apresentaram propostas de acordo que atenderam às expectativas dos trabalhadores depois que os metalúrgicos do ABC intensificaram as mobilizações, com a realização de protestos e paradas de produção nas fábricas.

Na semana passada foram realizados atos na Mercedes, Ford, Volks, Delga, Arteb, Incodiesel, Toledo, Irmãos Parasmo, Polyron, Dura, Masaflex, Affinia, Wop, Galvanoplastia Anchieta, Dana Nakata, Fiamm, Sogefi, Mardel e Unitec.

Na última sexta-feira as manifestações aconteceram na Scania, Legas, Ugimag, Panex e Faparmas.

Nesta semana os protestos vão continuar nas Montadoras e nas empresas de Estamparia e dos grupos 10 e 2.