Proposta rejeitada em Mauá

Em assembléia realizada na última sexta-feira, os trabalhadores na Galvanoplastia Mauá rejeitaram a proposta de PLR apresentada pela empresa. “Os companheiros aguardam agora nova proposta porque avaliaram que a empresa tem condições de melhorar sua oferta”, disse Geovane Correa, coordenador da Regional Santo André.

O pessoal aprovou na mesma assembléia lutar contra o alto número de trabalhadores terceirizados contratados pela empresa. “Esses companheiros têm o contrato precarizado,  sem PLR e com salários mais baixos”, denunciou Geovane.