Redução no IPVA para locadoras aumentará emplacamentos em São Paulo

A ABLA, Associação Brasileira das Locadoras de Automóveis, projeta um bom ano para o mercado de locação no Estado de São Paulo, puxado pela recente redução de 4% para 1% na alíquota do IPVA cobrado sobre os veículos licenciados por locadoras. Outro ponto positivo é a demanda que está aquecida, de acordo com comunicado divulgado à imprensa na segunda-feira, 24.

O diretor da Abla para o Estado, Daniel Huss, considerou a redução do IPVA “uma vitória e um direito das locadoras”, mas lembrou que a nova lei 17 473/2021 aprovada para 2022, 2023 e 2024, poderá ser alterada: “Pode ser revogada a cada exercício, dependendo da responsabilidade da Lei Orçamentária do Estado e, por isso, é importante dar atenção constante à manutenção do IPVA em 1% em São Paulo”.

Huss disse que 2022 é ano eleitoral e que a troca na Presidência pode resultar em novas interpretações sobre as políticas públicas para impostos. Cuidadoso ao falar do futuro, ele enfatizou os benefícios da redução de IPVA: “Conforme os estudos que apresentamos o IPVA de 1% vai estimular que mais carros sejam faturados, licenciados, locados e vendidos, trazendo incremento à arrecadação do ICMS no Estado”.

Com a alteração na alíquota o Estado de São Paulo passa a oferecer a mesma condição que outros oferecem, elevando a competitividade. Mesmo com todas as dificuldades que a indústria encontra para produzir e atender a demanda das locadoras Huss projeta um ano positivo, com volumes próximos aos registrados antes da pandemia.

Da AutoData