Revitalização e empregos em Santo André

Também em Santo André, os oito anos de PT foram decisivos para recuperar o atraso imposto pela administração Brandão, do PSDB.

Em seu governo, ele parou as obras do hospital regional, nenhuma creche foi construída, o centro e os bairros foram abandonados, o Parque do Pedroso foi destruído e a cidade perdeu cerca de 10 mil empregos.

Muita coisa mudou com o PT. Criou a Secretaria do Desenvolvimento Econômico, ampliou o Pólo Petroquímico, foram gerados 14 mil postos de trabalho e quatro grandes hotéis se instalaram na cidade.

O esforço de recuperação econômica se deu porque a cidade foi a que mais perdeu empregos industriais durante o governo FHC. Dezenas de empresas foram fechadas, especialmente metalúrgicas.

As avenidas Industrial e do Estado foram recuperadas e revitalizadas, o calçadão da Oliveira Lima foi modernizado e grandes obras de combate à enchentes foram construídas.

A administração petista criou seis Centros Educacionais, dobrou o número de vagas nas creches, construiu o Centro de Formação de Professores.

Na saúde, o PT garantiu atendimento de urgência e qualidade no Centro Hospitalar, dobrou o número de leitos, ampliou 17 unidades de saúde e implantou o Saúde em Casa, que atende 27 mil pessoas.