Saúde Mental – Estresse

Estresse é a percepção de estímulo que gera uma excitação emocional, causando alterações físicas e psíquicas. Estressor é este estímulo.

Foto: Divulgação

Você é violentamente fechado no trânsito (estímulo), você fica irritado (resposta psíquica) e seu coração dispara (efeito fisiológico).

O estresse está presente em todos os animais. É ele que dispara o mecanismo “fuga ou luta”, que determina a sobrevivência de uma espécie. A reação individual, no entanto, depende do comportamento e da experiência que vão determinar a percepção da situação e as demandas dela. Neste ponto temos três demandas: cognitivo (conhecimento adquirido), fisiológico (corpo) e comportamental (capacidade de reagir) ligadas no máximo. Até certo limite é possível chegar-se a uma solução sem desequilíbrio.

O problema é a resposta a esse estresse: podemos sofrer por um tempo, mas superamos a perda de um ente querido. Podemos aguentar a incompetência dos motoristas no trânsito, mas há limitações de quanto tempo podemos aguentar uma cobrança indevida, repetida e diária, da chefia, por exemplo.

No momento temos três grandes estressores: Covid, governo e economia. A pandemia ainda não acabou, o governo ataca a todos. A economia, além do processo de desindustrialização, foi duramente afetada pela destruição de empresas nacionais, privatização, precarização do trabalho e desemprego. Para quebrar esse ciclo de estresse, precisamos nos vacinar, manter a calma, ter objetivos pessoais para nossa família e conscientizar nossos colegas que, para sairmos desta, somente juntos. Talvez ainda este ano, na eleição em 2 de outubro.

Comente este artigo. Envie um e-mail para [email protected]

Departamento de Saúde do Trabalhador e Meio Ambiente