Seguro-desemprego: Benefício tem aumento de 16%

O Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador, Codefat, reajustou em 16,66% os valores do seguro-desemprego. O índice de correção é o mesmo aplicado ao salário mínimo.

O seguro-desemprego é um benefício concedido temporariamente a trabalhadores demitidos sem justa causa.

A resolução do Codefat estabelece que o valor mínimo desse benefício sobe de R$ 300,00 para R$ 350,00. O piso acompanhou o reajuste do mínimo. Já o valor máximo do seguro-desemprego passou de R$ 561,30 para R$ 654,85.

A resolução prevê que desde 1º de abril o cálculo do valor do seguro-desemprego passa a ser feito da seguinte forma:

Veja como calcular o seguro-desemprego

1) Para trabalhadores que ganharam até R$ 577,77 nos três meses anteriores à demissão, o benefício vai corresponder ao valor do salário mensal multiplicado por 0,8, respeitado o piso de R$ 350,00;

2) Para os trabalhadores que recebiam entre R$ 577,78 e R$ 963,04, o seguro-desemprego vai corresponder ao valor do salário menos R$ 577,77 multiplicado por 0,5, acrescido de um valor fixo de R$ 462,22;

3) Para a média salarial superior a R$ 963,04, o valor da parcela será fixo e sempre igual a R$ 654,85.