Setor automotivo: Divergência entre empresas dificulta acordo permanente

Evitar políticas quebra-galho, como a redução temporária do IPI sobre veículos que vigorou até o mês passado, sempre foi a intenção do Sindicato. Nossa proposta é a de montar um acordo de longo prazo que estabeleça metas de produção, preços, impostos e contrapartidas sociais aos trabalhadores. Mas as montadoras e autopeças resistem e dificultam um entendimento.