Símbolos e Significados

A Conferência Mundial de Ministros Responsáveis pela Juventude, reunida em Lisboa em 1998, recomendou à ONU que estabelecesse o 12 de agosto como o Dia Internacional da Juventude.

Foto: Adonis Guerra/SMABC

A data foi estabelecida após a Assembleia Geral de 1999. Sem sombra de dúvida, é uma data a se comemorar, já que uma organização internacional de peso como a ONU escolhe o dia para se discutir essa temática tão importante.

Em comparação, para nós da classe trabalhadora, há outras datas tão importantes quanto o dia 12 de agosto. Após os trabalhadores de Chicago entrarem em confronto com a polícia por melhores condições de trabalho, como ficou conhecida a Revolta do Haymarket, o 1º de maio foi estabelecido como o Dia do Trabalhador. De forma parecida, após o incêndio criminoso em Nova Iorque, que vitimou as mulheres operárias que reivindicavam por redução na jornada de trabalho, em homenagem a elas temos o 8 de março como o Dia Internacional da Mulher.

Lembramos essas datas para dizer que o dia 12 de agosto, por mais que tenha sido instituído pela ONU, ainda falta um elemento significante. Obviamente que a juventude de todo o mundo o utilizará como um marco para levantar os debates fundamentais. E a juventude trabalhadora não se omitirá de imprimir a essa data os símbolos que a classe trabalhadora carrega em sua história.

Comente este artigo. Envie um e-mail para [email protected]

Departamento de Formação