Primeira Subseção do Dieese no País é dos Metalúrgicos do ABC

A primeira Subseção do Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos, o Dieese, no País é dos Metalúrgicos do ABC: de 1981. O Dieese atua na categoria há mais de 40 anos nas áreas de pesquisas, estudos, estatísticas, assessoria às negociações, educação e formação sindical, e atende pelo telefone 4128-4290 e ramais 4257, 4220 (confira o blog do Dieese no Sindicato).

A ideia de um departamento de economia, que fizesse parte da entidade, foi do ex-presidente Lula, que convidou Osvaldo Rodrigues Cavignato, o Osvaldinho, um metalúrgico que na época estudava Economia para trabalhar como técnico assistente da presidência em 1975.

Esse departamento, que funcionava numa salinha próxima à presidência, não ficou atuante por muito tempo. Osvaldinho é preso pela ditadura na própria Sede do Sindicato devido a sua atuação no movimento estudantil e por integrar os quadros do Partido Comunista. É levado para o DOI-CODI, órgão máximo da repressão, onde dias depois o jornalista Vladimir Herzog era morto sob tortura. Fica 78 dias preso, sendo torturado sistematicamente. É solto em dezembro de 1975 e processado na Justiça Militar por seu vínculo partidário.

No final de 1979, ano da greve geral dos metalúrgicos e de grandes turbulências políticas no Brasil, Lula reconhece a necessidade do Sindicato ter um departamento econômico que auxiliasse os trabalhadores na luta, assessoria, pesquisas e formação. Nesse momento acontece a criação da subseção Dieese sob a coordenação do já formado economista Osvaldo Cavignato, que trouxe ao departamento todo o conhecimento e experiência do Dieese. A montagem da subseção do Dieese acontece em 1980, mas se efetiva a partir de 1981 após uma longa trajetória.

O DIEESE
O Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (DIEESE) é uma entidade criada e mantida pelo movimento sindical brasileiro. Foi fundado em 1955, com o objetivo de desenvolver pesquisas que subsidiassem as demandas dos trabalhadores.

Sindicatos, federações, confederações de trabalhadores e centrais sindicais são filiados ao DIEESE e fazem parte da direção da entidade. Atualmente, são cerca de 700 associados.

Ao longo dos mais de 60 anos de história, o DIEESE conquistou credibilidade e reconhecimento nacional e internacional como instituição que desenvolve pesquisa, assessoria e educação voltadas para os dirigentes e assessores das entidades sindicais e os trabalhadores. Graças a um trabalho que beneficia a toda a sociedade, é reconhecido como instituição de utilidade pública.

O DIEESE possui 17 escritórios regionais, cerca de 50 subseções (unidades dentro de entidades sindicais) e atualmente dois observatórios do trabalho (divisões que funcionam dentro de prefeituras, governos estaduais, para subsidiar o poder público com pesquisas e análises).

Escola DIEESE
A Escola DIEESE de Ciências do Trabalho é uma instituição de ensino privada, criada pelo DIEESE (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos), que oferece graduação, pós-graduação e cursos livres em temas relacionados a economia e trabalho. Está em funcionamento desde 2012, com o Bacharelado Interdisciplinar em Ciências do Trabalho, oferecido na modalidade presencial.

Fique sócio! Você, trabalhador, é o Sindicato dentro da fábrica