Trabalhadores na Kostal participam da camapanha de doação de medula

(Foto: Edu Guimarães)

Os companheiros na Kostal, em São Bernardo, iniciaram ontem a participação na nova campanha de doação de medula óssea do Sindicato. Com leucemia há cer­ca de um ano, o trabalhador no setor de vendas na empresa, Flavio Rios Maia, 29 anos, busca um doador de medula óssea para realizar o transplante.

O Sindicato disponibilizou uma kombi para levar os voluntários ao local onde é feito o exame de sangue, no Hemocentro da Santa Casa de Misericórdia, em São Paulo.

Ontem 30 trabalhadores na empresa fize­ram o cadastro no Registro de Doadores de Medula Óssea. Os interessados em doar devem procurar os CSEs, já que a kombi fica até amanhã na fábrica.

“A ideia é mobilizar a categoria e dispo­nibilizar o transporte para fazer a doação em outras empresas da base”, contou a coordenadora da Comissão das Metalúr­gicas do ABC, Maria do Amparo Ramos.

A menina Giovanna Oliveira Silva, 10 anos, filha do companheiro Domiciano, amigo do trabalhador Corgésio Coimbra Lopes, na Autometal, em Diadema, tam­bém continua a busca por um doador.

O telefone do Hemocentro é 2176-7258.