Trabalhadores na Mercedes organizam campanha de solidariedade

A representação dos trabalhadores na Mercedes, em São Bernardo, iniciou a campanha de solidariedade dentro da fábrica para doar a quem mais precisa neste momento de crise e de pandemia da Covid-19.

A representação dos trabalhadores na Mercedes, em São Bernardo, iniciou a campanha de solidariedade dentro da fábrica para doar a quem mais precisa neste momento de crise e de pandemia da Covid-19.

A arrecadação de água, produtos de higiene, limpeza e alimentos não perecíveis será feita nas portarias nos dias 10, 11 e 12 desta semana. Quem preferir pode doar em valores para Banco Itaú, Ag. 1800, conta poupança 60055-1/500, nome: Kleber Ferreira Nunes.

“A campanha é uma iniciativa do nosso Sindicato, em parceria com outros sindicatos da região, e nós do CSE na Mercedes resolvemos levar essa campanha para fábrica. Já começamos a divulgar internamente e os trabalhadores estão bastante envolvidos e solidários”, contou o coordenador da representação na Mercedes, Ângelo Máximo de Oliveira Pinho, o Max.

“Estamos fazendo um cadastro de trabalhadores que foram demitidos neste momento de crise da pandemia, pois doaremos a quem está realmente precisando. Contamos com a participação de todos e todas”, afirmou.

Rede Comvida

Os Metalúrgicos do ABC, junto com parceiros, buscam fortalecer as iniciativas de solidariedade com a Rede Comvida. O objetivo da plataforma é divulgar o trabalho solidário de entidades para que mais pessoas possam conhecer e fazer suas doações.

Acesse redecomvida.blogspot.com, conheça iniciativas e faça sua doação. As entidades que quiserem fazer parte podem entrar em contato pelo e-mail [email protected].

Drive Thru Solidário

No sábado, dia 13, das 10h à 16h, o Drive Thru Solidário será na Regional Diadema do Sindicato (Av. Encarnação, 290, Piraporinha). Não é preciso sair do carro para doar alimentos não perecíveis e produtos de higiene e limpeza.

Durante todo o mês de maio, a campanha foi realizada na Sede, com arrecadação de mais de cinco toneladas de alimentos, 3 mil kits de higiene, mil litros de água, 10 mil máscaras e roupas.