Trabalhadores na Paschoal e AQ aprovam propostas de PLR

Assembleia na Paschoal. Foto: Adonis Guerra

A proposta de Participação nos Lu­cros e Resultados, a PLR, negociada pelo Sindicato foi aprovada pelos companhei­ros nas empresas Paschoal, na última sexta-feira, 15, e AQ Air Quality, ontem, em São Bernardo.

Na Paschoal, após cinco reuniões do Sindicato com a direção da fábrica, os metalúrgicos conquistaram um valor com reajuste em relação ao ano passado e aumento real. A PLR será paga em duas parcelas, sendo a primeira em agosto deste ano e a seguinte em março de 2019.

“A empresa não queria aumentar o valor, e pretendia vincular a PLR à pro­dução, mas com a organização e insis­tência dos trabalhadores que rejeitaram a proposta anterior e aprovaram o aviso de greve, foi possível essa conquista”, des­tacou o CSE na fábrica, José Aparecido Alves, o Cabelo.

Ele lembrou que a mobilização deve continuar para as próximas pautas. “Logo iremos discutir banco de horas e data-base, é importante que os compa­nheiros não aceitem a pressão da chefia e comuniquem ao Sindicato qualquer tipo de intimidação”, reforçou o coordenador de área e CSE na Ford, Simão Barbosa de Matos Neto, o Soró.

Assembleia na AQ. Foto: Edu Guimarães

Na AQ Air Quality, o acordo negociado pelo Sindicato, aprovado por unanimi­dade, garantiu uma PLR também com aumento real. A primeira parcela será paga em julho e a segunda em janeiro próximo.

“O avanço em relação ao ano passado mostra que a união dos trabalhadores refletiu no resultado positivo da nego­ciação”, ressaltou o coordenador de área e CSE na ZF, Jonas Brito.

Da Redação.