Universidade pública: Definidas audiências públicas

Começam nesta sexta-feira as audiências públicas que serão realizadas nas sete cidades para debater a implantação da Universidade Pública do ABC. “Vamos ouvir a população, que tem muito a contribuir na definição do formato da universidade”, disse Hélio Honorato, diretor do Sindicato e representante dos trabalhadores no grupo de trabalho no Consórcio Intermunicipal de Prefeitos que debate a criação da universidade.

Helinho ressaltou a importância da participação popular nessa discussão, uma vez que a universidade pública é uma reivindicação de mais de 40 anos. O grupo de trabalho reune-se mensalmente. “Muito se tem avançado em cada encontro, pois todos nós queremos que pelo menos dois cursos sejam implantados no próximo ano”, disse Helinho.

O governo já enviou o projeto de lei para o Congresso, que voltou esta semana do recesso parlamentar. O lider do governo na Câmara Federal, Professor Luizinho, garantiu que o projeto será votado rapidamente. “A universidade é uma conquista da região e não podemos deixar passar a oportunidade dela estar funcionando em 2005”, comentou.

Quando concluída, a universidade vai atender 20 mil alunos em curso de graduação e 3.500 em cursos de prós graduação.