Vendas de veículos elétricos deve aumentar 60% no Brasil em 2020

Dados da Associação Brasileira de Veículos Elétricos (ABVE) sugerem que nem mesmo a pandemia foi capaz de diminuir o interesse dos consumidores por carros elétricos no Brasil: o setor prevê fechar 2020 com 19 mil unidades eletrificadas (elétricos e híbridos) vendidas no país, um aumento de 60% em relação a 2019 e de 378% na comparação com 2018.

As vendas registradas entre janeiro e outubro (15.565) já superam o total observado no ano passado inteiro (11.858). A expectativa é de que a frota elétrica brasileira chegue a 40 mil veículos até o final do ano.

Em tempo: As montadoras estão tendo problemas com as baterias em veículos elétricos. No final de setembro, a BMW fez um recall nos EUA de 10 modelos híbridos plug-in devido ao risco de incêndio causado por detritos que podem ter entrado nas células da bateria durante a fabricação.

Pouco tempo depois, a Hyundai também foi forçada a chamar os proprietários de mais de 6 mil veículos após ter recebido relatos de veículos pegando fogo enquanto estavam estacionados. Em termos gerais, esses episódios são relativamente raros, mas preocupam o setor, já que isso pode afetar a preferência dos consumidores e dificultar ainda mais a popularização de modelos elétricos e híbridos.

Do ClimaInfo